Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘ESTUDANTES’

Voltando de Férias.

Bom, quase dois meses só em stand-by aqui no blog, postando apenas artigos publicados na Gazeta, volto finalmente a achar tempo pra escrever…

Nesse tempo o ‘Favoritos’ do Explorer explodiu! Muita coisa pra rever, reler, escrever e publicar, na maioria links recebidos no Twitter, sobre o qual já escrevi algumas vezes explicando o porquê da importância dessa nova ferramenta, segundo minha humilde opinião.

Tenho muita coisa pra publicar aqui, mas acredito que o mais urgente é sobre os protestos de estudantes em Brasília. É um grupo de 40-50 cidadãos que estão cansados, como eu, de tanta sacanagem. Eles estão organizando vários protestos, que levam o nome de “Ato Secreto Popular”, e já conseguiram, no mínimo, mostrar que a ditadura ainda existe nesse país, sim! Onde? É claro que lá mesmo, na capital das fezes nacionais, Brasília.

Eles já foram agredidos, presos e fichados pela Polícia do Senado, dentro do Congresso Nacional, a dita “Casa do Povo”, tiveram as placas de seus carros e seus rostos fotografados por seguranças à paisana sob o comando do Diretor da Polícia do Senado num protesto em frente à casa PARTICULAR de José Sarney, e ainda foram perseguidos por alguns leões de chácara de Sarney quando voltavam para casa após um dos protestos. Se alguém não acredita que “só isso” comprove o resquício de ditadura, o próprio Diretor da Polícia do Senado, Sr. Pedro Ricardo de Araújo Carvalho, tratou de provar com palavras quando soltou a frase: “Isso aqui é ditadura sim!” ao prender com violência um dos estudantes.

O manifesto, o cartaz, o delicado leão de chácara, e a mídia do P.I.G. literalmente de boca aberta.

“Na prisão” com alguns senadores tentando libertá-los.

A Polícia do Senado seria o “DOPS” do governo Lula/Sarney? Aliás, sobre a traição de Lula ao povo brasileiro, nem comento, pois é assunto pra mais de horas…

Estudantes apoiados pela Assembleia Nacional dos Estudantes, unico movimento estudantil livre, ainda, do Brasil.

André Dutra, um dos manifestantes, conta tudo em seu blog (http://www.andredutra.com).

Quem vai ficar calado?

Tem gente que, como sempre, vai pensar que são ‘meia dúzia’ e que isso não vai dar em nada, mas o que me anima é a força de vontade desse grupo. Fica aqui um desafio: como estender essas manifestações pelo resto do país, inclusive aqui em minha cidade, Amparo.

Cartaz anunciando cidades e locais e horários dos protestos.

A internet tem tido papel fundamental no movimento, possibilitando a organização e divulgação em tempo real dos acontecimentos, onde até transmissão ao vivo de alguns protestos é feita por um dos manifestantes. Menos um ponto para os leões de chácara. Agora tortura pode ser transmitida ao vivo!

A ‘agenda secreta”.

Mais um ponto para os honestos. Os manifestantes, a internet e os próprios senhores do poder estão nos mostrando a cada dia que união e organização são as ÚNICAS ferramentas de força popular. Voto é manipulado e a mídia é inútil. Cabe a nós, somente os cidadãos comuns, resolver essa situação lamentável.

Caminhando juntos podemos fazer alguma coisa.

Read Full Post »


No sábado, 11 de Julho, estive na reunião dos estudantes universitários de Amparo no Clube A. E. Irapuã, organizada pela Comissão dos Estudantes de Amparo. Os estudantes tiveram a iniciativa de união e representação de seus interesses através da comissão para pleitearem junto à Prefeitura Municipal alguns pontos como o auxilio no custeio do transporte para cidades como Jaguariúna, Campinas, Bragança Paulista, Itatiba, e também para a faculdade de Amparo. Ao mesmo tempo, estudantes da Faculdade de Jaguariúna conseguiram alguns incentivos para os estudantes amparenses junto à diretoria da instituição, como desconto nas mensalidades, prorrogação do prazo para pagamento da mensalidade com desconto e prorrogação do prazo de rematrícula em quase 30 dias.

Sem julgar o mérito dos pedidos, precisamos reconhecer que a iniciativa é nobre e exemplar. A iniciativa envolve, no mínimo, 500 alunos de nível universitário que daqui a alguns anos estarão exercendo suas profissões em Amparo, trabalhando no desenvolvimento econômico e social da cidade.

A participação do Vereador Carlos Alberto, que para alguns pareceu oportunista, é exemplo a ser seguido pelos demais representantes eleitos para, no mínimo, participarem dos movimentos sociais da cidade, para que possam conhecer melhor quem paga os salários dos integrantes do legislativo, e mais importante que isso, conhecer as necessidades e aspirações de quem paga os mais altos impostos do mundo, mas que precisam brigar por um ‘auxílio’ do poder público para utilizarem o ensino privado, enquanto o poder público tem a obrigação de oferecer educação de qualidade para todos.

A mobilização é importante. A participação dos representantes da população é muito mais!

Os estudantes deram importante passo rumo à conscientização política para que saiam da inércia da ‘modinha’ do “não gosto de política!”. É claro que, quando os interesses dizem respeito ao bolso de cada um, a participação é maior, mas continuar pensando que unir-se por interesses pontuais e de importância pessoal, é pura burrice!

Quando pedimos a um prefeito que forneça transporte a todos os estudantes da cidade, que é rodeada por cidades que tem maiores e mais importantes instituições de ensino, já temos a certeza que essa é uma luta em vão, pois todos sabem da dificuldade financeira de cidades e estados, e o pior, todos sabem do ralo de dinheiro público que são as casas legislativas federais e estaduais, mas que ninguém protesta contra nada!

Outro dia li uma matéria na internet sobre os 10 maiores devedores de IPTU da cidade de São Paulo. Juntos devem mais de 500 milhões, dinheiro suficiente, segundo a Folha de S. Paulo, para acabar com o déficit de vagas em creches na cidade que é de 80.000 vagas, além de mais 12 hospitais.

Aí eu penso o que poderíamos fazer com 33 milhões ANUAIS (fonte http://www.transparencia.org.br) que gastamos com CADA UM dos 81 senadores? Será que não dava pra construir uma universidade por mês em cada estado? Será que dava para construir algumas centenas de hospitais por todo o Brasil? Será que dava pra fazer uma revolução na educação deste país?

Precisamos aprender a mexer na raiz do problema. Precisamos aprender, de uma vez por todas, a PROTESTAR E AGIR!

De que adianta lutar por ajuda no transporte, se não somos capazes de brigar para que deputados, senadores, vereadores atendam aos NOSSOS interesses? De que adianta brigar por desconto na faculdade se não somos capazes de brigar para que os assaltos ao dinheiro público acabem? De que adianta querer ensino de qualidade se você enche a boca pra falar: “não gosto de política!”. Viver é ser político, ou melhor, é ser politizado, pois político é uma palavra de nossa língua que anda desmoralizada demais. E ser politizado não é ter uma posição de esquerda ou de direita, mas sim ter interesse no que envolve a sua vida, é buscar informar-se para evoluir.

Plagiando o presidente Lula, nunca na história desse país, houve uma oportunidade tão grande como essa. Nunca a corrupção chegou a tal nível, e nunca a população esteve tão revoltada com os abusos dos senhores do privilégio. Está na hora da ação!

A mobilização dos estudantes deve continuar, mas deve evoluir. Não pode ficar presa apenas nos interesses do capital, pois as instituições de ensinos têm interesse sim na manutenção e aumento do volume de estudantes, mas deve dar passos a frente, na busca de conscientizar a letárgica classe estudantil de que a politização é o único meio de ação popular eficaz.

Precisamos aprender que nada cai no colo, sentado na frente da TV assistindo a novela, o futebol e o Jornal Nacional!

Read Full Post »